22 setembro, 2012

Miologia 4 – Músculos da coxa

por

A coxa possui onze músculos subdivididos em três lojas ou grupos funcionais:

1- Loja Extensora: formada pelos músculos da região ventral da coxa, que são inervados pelo nervo femoral. Eles fazem a flexão da coxa sobre a pelve e a extensão da perna.

2- Loja Flexora: formada pelos músculos da região dorsal da coxa, inervados pelo ciático maior (nervo isquiático). Estes músculos realizam a extensão da coxa e a flexão da perna para trás sobre a coxa.

3- Loja Adutora: formada pelos músculos da região medial da coxa, inervados pelo nervo obturador.  Basicamente, este grupo de músculos executa a adução da coxa e consequentemente do membro inferior.


Elementos musculares da loja extensora da coxa:

Músculo tensor da fáscia lata, ele é bastante curto, se inserindo na crista ilíaca e suas fibras terminam ao nível do primeiro terço da coxa, quando se inserem na fáscia lata ou trato iliotibial, que recobre lateralmente os demais músculos da coxa e vai até o côndilo lateral da tíbia. 

Quando este músculo se contrai, ele tensiona a fáscia lata, constituindo um firme cilindro que mantem coesa a musculatura da coxa. Isto é muito importante para a caminhada (deambulação) e principalmente para se ficar sobre um pé só. 

Além disso, o tensor da fáscia lata atua na flexão, abdução e rotação medial do quadril e rotação lateral do joelho.

Músculo Sartório (costureiro) é o mais longo do corpo humano, atravessando duas articulações: coxofemoral e joelho. 

Cruza obliquamente sobre os demais músculos da região anterior da coxa, estendendo-se da espinha ilíaca até a extremidade superior medial da tíbia. 

A sua inserção na tíbia se faz em conjunto com os tendões dos músculos grácil e semitendinoso formando a estrutura chamada de “pata de ganso”. 

O sartório flexiona a coxa sobre a pelve e a perna sobre a coxa, possibilitando o cruzamento de uma perna sobre a outra, permitindo que se apoie o tornozelo sobre o joelho.


Quadríceps da Coxa ou quadríceps crural, este músculo é formado por quatro cabeças proximais e apenas uma inserção distal, formando o potente tendão patelar. 

Este músculo é o único extensor da articulação do joelha joelho, mas o reto femoral é também um potente flexor da articulação do quadril. 

O quadríceps é o músculo mais potente de todo o corpo e, em realidade, reúne quatro grandes músculos:
1- Reto da coxa; 2-Vasto intermédio; 3- Vasto lateral; 4- vasto medial.

a) Reto da coxa se origina na espinha ilíaca e desce com um ventre bem individualizado até se fundir aos demais músculos no tendão patelar.

b) Vasto lateral tem origem no trocanter maior e na linha áspera do fêmur.

c) vasto medial se insere na linha áspera e na linha espiral do fêmur.

d) Vasto intermédio (crural) se insere na linha áspera do fêmur, fica abaixo do reto femoral, interpondo-se entre o vasto medial e o vasto lateral, dos quais é difícil separar.


Elementos musculares da loja flexora da coxa:

 Apenas três músculos são encontrados na região posterior da coxa, um lateral e dois mediais.

Músculo bíceps da coxa situado na posição lateral, ele pode ser apalpado quando se está sentado com a perna em semiflexão.

 Este músculo, como o nome indica, possui duas cabeças, uma longa e outra curta. Superiormente a porção longa prende-se no túber isquiático, enquanto a curta se fixa na linha áspera do fêmur. 

Estas duas porções se unem formando um tendão cilíndrico que se insere na cabeça da fíbula.


Músculo semitendinoso prende-se na tuberosidade isquiática juntamente com a cabeça longa do bíceps femoral e na porção inferior forma com o sartório e o grácil a “pata de ganso” que se prende na face medial da tíbia. 

Somente a parte superior deste músculo é carnosa, enquanto a inferior é tendinosa. O semitendinoso é biarticular atua sobre a articulação do quadril promovendo sua extensão e sobre o joelho flexionando a perna.

Semimembranoso, este músculo também tem sua origem na tuberosidade isquiática e se estende para baixo sob o semitendinoso, colocando-se lateralmente a este músculo na fossa poplítea num tendão curto que se prende ao côndilo medial da tíbia. 

Na região poplítea este tendão fornece uma expansão lateral constituindo o o ligamento poplíteo obliquo que reforça posteriormente a cápsula articular do joelho. 

Pela sua ação a perna flexiona em direção à nádega do mesmo lado, enquanto o quadril se estende nesta mesma direção.

Elementos musculares da loja adutora da coxa:

Músculo Grácil é o mais medial da coxa numa linha paralela ao fêmur. Sua origem é no corpo do púbis e sua inserção se dá na “pata de ganso”. Ele é um fraco adutor da coxa, mas auxilia na flexão da perna.

Pectíneo, este músculo tem formato triangular, indo da linha pectínea do púbis à linha pectínea do fêmur. Auxilia na flexão da coxa, rodando-a lateralmente

Adutor curto, este pequeno músculo está situado por trás do pectíneo e do adutor longo. Também insere-se no corpo do púbis e inferiormente forma dois ramos: um dos quais se insere na trifurcação da linha áspera do fêmur, enquanto o outro se insere na extremidade superior desta linha.


Adutor longo, a extremidade superior deste músculo situa-se entre o grácil e o pectíneo e se prende ao corpo do púbis. 

Inferiormente ele se insere na linha áspera do fêmur.

 Atua, basicamente, na adução da coxa.

Adutor magno é o maior dos adutores e está situada para trás dos adutores longo e curto, formando uma cortina muscular que parte do ísquio (tuberosidade isquiática e ramo ísquio-púbico) e se abre como um leque inserindo-se em toda a altura da linha áspera do fêmur.

 O adutor magno atua na adução e extensão da coxa.


O vídeo abaixo descreve, em detalhes, a musculatura da perna.



O esforço exagerado destes músculos pode levar à dismorfia muscular como da imagem abaixo. A disformia muscular é um dos efeitos negativos da vigorexia, que está ligada ao narcisismo fora de controle.



 Nota: A Vigorexia, ou Síndrome de Adônis, é um transtorno emocional assim denominado pelo psiquiatra americano Harrison G. Pope da Faculdade de Medicina de Harvard, Massachusetts. Os estudos de Pope foram publicados na revista Psychosomatic Medicine com a observação de que cerca de um milhão de norte-americanos entre os nove milhões adeptos à musculação podem estar acometidos pela patologia emocional (Copacabana Runners). 

Referências e links:
1- Anatomia Humana – Miologia (apresentação de lâminas
2- Anatomia On-line – Membro inferior 
3- AULA DE ANATOMIA – Sistema Muscular 
3- CASTRO, Sebastião V. Anatomia Fundamental. 2ed. São Paulo : McGraw-Hill do Brasil, 1975.
4- GIRON, Paulo Augusto. Princípios de Anatomia Humana: atlas e texto. 2ed. Caxias do Sul : EDUCS, 2009.
5- KAPIT, Wynn ; ELSON, Lawrence M. Anatomia – um livro para colorir. São Paulo : Roca, 2004.
6- MIRANDA, Edalton. Bases de Anatomia e Cinesiologia. 7ª ed. Rio de Janeiro : SPRINT, 2008.

2 comentários:

  1. gostaria de saber as fontes dessas fotos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As fontes das fotos são os três primeiros links das referências.

      Excluir

Related Posts with Thumbnails