07 agosto, 2011

Sangue e órgãos hemocitopoiéticos

por
O que é o sangue?
Sangue centrifugado

O sangue é um tipo especial de tecido que se movimenta por todo o corpo, servindo como meio de transporte de materiais entre as células. É formado por uma parte líquida, o plasma, e por diversos tipos de célula: os elementos figurados. Os elementos figurados do sangue são: os eritrócitos, as plaquetas e os leucócitos (granulócitos e agranulócitos).

O plasma contém inúmeras substâncias dissolvidas: aproximadamente 90% de água e 10% de íons (Na, Cl, Ca, etc.), glicose, aminoácidos, colesterol, uréia, hormônios, anticorpos e fibrinogênio.

O fibrinogênio se transforma em fibrina quando um vaso é rompido, formando um coágulo que impedirá a saída do sangue do vaso. Algumas proteínas circulantes no plasma, tais como a albumina, são importantes para o transporte de lipídios que não se dissolvem na água mas combinam-se com elas.

OS ELEMENTOS FIGURADOS DO SANGUE

HEMÁCIAS ou ERITRÓCITOS
 Os eritrócitos ou hemácias ocupam de 40% a 50% do volume de sangue no homem adulto, 35% a 45% na mulher adulta, aproximadamente 35% na criança até 10 anos e 45% a 60% no recém nascido.

As hemácias apresentam no seu citoplasma as moléculas de hemoglobina,  que são importantes para o transporte do oxigênio. A hemoglobina forma combinações instáveis com oxigênio e gás carbônico, porém suas ligações com o monóxido de carbono são estáveis.

Como perdem suas mitocôndrias, as hemácias dependem continuamente do sistema de glicólise anaeróbica e da via pentose-fosfato para a obtenção de energia.

As hemácias dos mamíferos têm a forma de um disco bicôncavo e não apresentam núcleo, nem organelas.

A forma bicôncava facilita a penetração e saída de oxigênio, o que é importante para a função dessas células, além disso, a ausência do núcleo permite que elas alterem a forma de disco bicôncavo para balística de acordo com a velocidade do sangue.
Mudança de forma das hemácias conforme a velocidade do sangue.

Os demais vertebrados têm hemácias esféricas ou elipsóides, nucleadas e com organelas.
Por não possuírem núcleo as hemácias dos mamíferos não podem renovar suas estruturas celulares e por isso duram cerca de 120 dias.


Esfregaço de sangue com hemácias e leucócitos do tipo linfócito.
LEUCÓCITOS

O termo leucócito designa vários tipos de células sanguíneas incolores nucleadas e, portanto, são maiores do que as hemácias.

Encarregados da defesa do organismo, eles produzem anticorpos ou fagocitam microorganismos invasores e partículas estranhas.

Apresentam ainda a capacidade de passar pelas paredes dos vasos sanguíneos para o tecido conjuntivo, sem rompê-los por dissociação local de junções intercelulares, fenômeno este denominado diapedese.

Representação esquemática da diapedese

Ao longo do desenvolvimento infantil a quantidade de leucócitos no sangue varia bastante. A partir dos 14 ou 15 anos de idade a porcentagem do adulto é atingida, consistindo de: 55 a 65% de neutrófilos; 2 a 3% de eosinófilos; 0,5% de basófilos, 25 a 35% de leucócitos e 3 a 10% de monócitos.

TIPOS DE LEUCÓCITOS
Os leucócitos distribuem-se em dois grupos: granulócitos e agranulócitos, conforme tenham ou não, granulações específicas no citoplasma.

Os leucócitos granulócitos são:


Neutrófilos: coram-se por corantes neutros. O núcleo é polimórfico (2 a 5 lóbulos) e apresentam-se dividido em segmentos unidos entre si por delicados filamentos.

São os leucócitos mais abundantes do sangue circulante (55% a 65%); realizam diapedese ou seja atravessam as paredes dos vasos sanguíneos, indo fazer a defesa através da fagocitose.

Nas mulheres, observa-se uma pequena projeção em forma de raquete de tênis, na parede do núcleo dos neutrófilos. Trata-se da cromatina sexual.

A animação abaixo representa a diapedese de um neutrófilo, que sai da corrente sanguínea para fagocitar bactérias que invadiram o tecido conjuntivo.

Note-se que as toxinas liberadas pelas bactérias chegam à corrente sanguínea e desencadeiam a diapedese.


Eosinófilos: apresentam geralmente o núcleo com dois segmentos ligados ou não por um filamento delicado e material nuclear.

Também realizam diapedese e fagocitose. Sua fagocitose é mais seletiva, preferencialmente fagocitam células onde há ligação antígeno-anticorpo.

O aumento de eosinófilos no sangue está associado às alergias.

Medicamentos com corticosteroides, como a cortisona, diminuem sua quantidade no sangue.

No citoplasma corado aparecem grânulos grandes de cor avermelhada.

Basófilos: apresentam núcleos volumosos e retorcidos, parcialmente dividido em dois segmentos.

No citoplasma se observam grânulos grandes e escuros com cor arroxeada.

Encerram metade da histamina que existe no sangue circulante e possuem também heparina.

Estão relacionados com reações alérgicas que podem redundar no choque anafilático.

Os leucócitos agranulócitos são:

Linfócitos: apresentam núcleo arredondado e citoplasma escasso.

Os linfócitos B passam para o Tecido conjuntivo e se transformam em plasmócitos, que produzem anticorpos.

Os linfócitos T produzidos no timo, também estão relacionados com a defesa imunológica e a rejeição aos enxertos.

Há ainda linfócitos relacionados com a memória imunológica e outros que tem a capacidade de se transformar em outras células do tecido conjuntivo.

Monócitos: são as maiores células do sangue circulante normal. Seu citoplasma é abundante e o núcleo é arredondado, oval ou uniforme nas células jovens. Em células mais velhas o núcleo pode apresentar a forma de ferradura ou reniforme.

Os monócitos têm a capacidade de emitir e retrair pseudópodos; são portanto, móveis e tendem a abandonar a corrente sanguínea e ingressar nos tecidos onde fagocitam e são denominados macrófagos. Representam 6% dos leucócitos.

AS PLAQUETAS
As plaquetas (ou trombócitos), são pequenos corpúsculos que resultam da fragmentação de células especiais produzidas pela medula óssea (os megacariócitos).
Esquema da formação de plaquetas
As plaquetas detêm as hemorragias, pois desencadeiam o processo de coagulação do sangue, que é o fenômeno da maior importância para os animais vertebrados.
Lâmina de esfregaço de medula

Quando há um ferimento, externo ou interno, forma-se um coágulo, que age como um tampão para deter a hemorragia.

Num primeiro momento, as plaquetas imediatamente começam a aderir às bordas do corte do vaso e liberam produtos químicos para atrair ainda mais as plaquetas.

A barreira de plaquetas é formada e o sangramento externo para. A seguir, moléculas pequenas, chamadas de fatores de coagulação, ativam a proteína fibrinogênio que forma a fibrina para 'amarrar' o coágulo, que e sela o ferimento.

Após a restauração da parede do vaso, o coágulo sanguíneo se dissolve em alguns dias.

Apesar de aparentemente simples, sabe-se atualmente que a coagulação é controlada por inúmeros fatores, incluindo-se aí fatores genéticos.

O TECIDO HEMATOPOIÉTICO
Este tecido também chamado de hemocitopoético (hematos, sangue; poiese, formação) tem a função de produzir as células do sangue.

Há duas variedades desse tecido: o linfoide, encontrado no baço, timo e gânglios linfáticos, e o mieloide (mielos, medula), que forma a medula óssea vermelha.

Em esfregaços do tecido mieloide se encontram células sanguíneas sendo produzidas e em diversos estágios de maturação. Ou seja, o tecido mieloide, além de vários tipos de leucócitos, produz hemácias e plaquetas, enquanto o tecido linfóide produz apenas alguns tipos de leucócitos.

Órgãos hemocitopoéticos

São órgãos que possuem um parênquima formado por células reticulares e fibras reticulares mergulhadas em abundante matriz extracelular, ou seja, são constituídos basicamente de tecido conjuntivo.

Podem-se destacar dois tipos:

1- Tecido mieloide, presente na medula óssea, forma os eritrócitos, granulócitos, plaquetas e nos capilares sinusoide produz ainda os monócitos.

2- Tecido linfoide (mucosas digestiva e respiratória, linfonodos, baço e timo) → forma os linfócitos e monócitos.

Medula óssea: existem dois tipos de medula óssea a vermelha e a amarela.

A Medula óssea vermelha está presente nos ossos longos e esponjosos.

Formada por células reticulares em arcabouço de fibras reticulares e apresenta, também, células adiposas. Tem aspecto esponjoso. É percorrida por capilares sinusoides que possuem células fagocitárias em seu interior.

As células formadas são livres e quando maduras penetram nestes sinusoides, entrando por esta via na corrente sanguínea.

Funções: produção de elementos figurados do sangue, armazenamento de ferro e produção de células indiferenciadas que formam os órgãos linfóides. Dessa maneira, a regeneração e renovação dos órgãos linfóides depende de células produzidas pela medula óssea.


Medula óssea amarela é formada por células adiposas, por macrófagos e por células reticulares primitivas.
Funções: reserva nutritiva e regeneração da medula óssea vermelha.

Tecido linfoide: existem três tipos de tecido linfoide o frouxo, o denso (rico em linfócitos) e o nodular, como no baço.
Linfonodo

Linfonodos: são órgãos recobertos por uma cápsula de constituída por tecido conjuntivo denso. Sua forma é arredondada ou reniforme.

A cápsula emite trabéculas para o interior, que dividem os nódulos em compartimentos incompletos.

Seu parênquima é constituído por tecido linfóide frouxo na região cortical e por tecido linfóide denso, em forma de cordões, na região medular.

Funções: são verdadeiros filtros da circulação linfática, ao passar pelos nódulos linfáticos os antígenos estranhos são fagocitados e uma resposta imunológica é desencadeada, através da multiplicação dos linfócitos capazes de produzir anticorpos específicos contra este antígeno.
Corte histológico de linfonodo

Amídalas: são formadas por tecido linfóide, mas não recebem vasos linfáticos.

Amídala palatina: recoberta por epitélio estratificado pavimentoso e tecido linfóide denso com nódulos linfáticos. Invaginações do epitélio formam criptas na amídala.

Amídala faríngea: é única e não possui criptas. É formada por pregas da mucosa respiratória, de forma que seu epitélio de revestimento é o mesmo dessa mucosa.

Amídalas linguais: são numerosas, estão presentes na base da língua. São recobertas por epitélio estratificado pavimentoso e possuem criptas.
Corte histológico de amígdala palatina
Timo: situa-se atrás do osso esterno. Possui dois lóbulos encapsulados com tecido conjuntivo denso que envia trabéculas para o seu interior.

Possuem uma zona cortical com tecido linfóide denso e uma zona medular constituída de tecido linfóide frouxo.
Corte histológico do timo de cão - menor aumento
Corte histológico do timo - detalhe

Baço: é o único órgão linfóide interposto na circulação sanguínea. Possui cápsula formada por tecido conjuntivo denso, que envia trabéculas para o interior. Tem textura esponjosa e duas polpas uma branca, outra vermelha.

1-Baço, 2-polpa branca; 3-polpa vermelha; 4- cápsula; 5-artéria; 6-veia.

Polpa branca do baço → constituída por nódulos linfáticos.

Polpa vermelha do baço → recebe vários sinusoides sanguíneos e possui células fagocitárias que eliminam da corrente sanguínea as hemácias velhas.
Corte histológico de baço
Funções: eliminação de hemácias velhas, armazenamento de sangue, produção de linfócitos e fagocitose de substâncias estranhas presentes na circulação sanguínea (filtro do sangue).

Leituras complementares:
1- Atlas Hematológico - Mieloma Múltiplo
2- Atlas Histológico UFG_ICB 
3- Universidade de Valência – prática IX – Sistema Linfoide
4- Generalidades do sistema circulatório humano.
5- Estrutura e função da Hemoglobina

Referências, links e fontes da ilustrações:
1- COURS-PHARMACIE.COM L’immunité innée.
2-JUNQUEIRA, L.C.U. ; CARNEIRO J. Histologia Básica. 10ª ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2004.
3- MONROY Aquiles, LA POLICITEMIA Y LA SANGRÍA
4- NAOUM, Paulo Cesar ; NAOUM,Flávio Augusto. Doença Flaciforme
5- Oklahoma State University; Center for Veterinary Health Sciences College of Veterinary Medicine. The Immune System
6- Cristina Vitória – Composição do Sangue.
7- Universidade Federal de Pelotas – Atlas histologia – Sangue
8- Universidade de Valência – prática IX – Sistema Linfoide

Um comentário:

  1. BEATRIZ13/8/12

    MATERIAL MUITO BOM ...PARABENS!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails