27 setembro, 2009

O TECIDO ADIPOSO

por Pieter Paul Rubens - As três graças

O tecido adiposo coordena uma variedade de processos metabólicos, incluindo: Metabolismo Energético; Função Neuro-endócrina; Função Imunológica. As funções do tecido adiposo podem ser divididas em três categorias: secreção de proteínas com efeitos metabólicos à distância; Produção de enzimas envolvidas no metabolismo de hormônios esteróides e expressão de receptores (DAMIANI, 2005).

Funções dos Lipídios

Lipídeos, lipídios ou triglicerídeos são biomoléculas insolúveis em água, e solúveis em solventes orgânicos, como o álcool, benzina, éter e clorofórmio.

A família de compostos designados por lípidios é muito vasta. Sua principal função é energética: através dos ácidos graxos e do glicerol, as células adiposas constituem importante fonte de energia, que pode ser utilizada mediante a oxidação na respiração celular (JUNQUEIRA; CARNEIRO, 2004).

Reserva Energética: na forma de glicerídeos (óleos e gorduras) os lipídios são facilmente armazenados. Inclusive, neste particular, os lipídios apresentam mais vantagem do que os glicídios e as proteínas, pois um grama de lipídio encerra mais calorias do que qualquer dos outros dois compostos. Cada grama de lipídio armazena 9 calorias de energia cinética, enquanto cada grama de glicídio ou proteína armazena somente 4 calorias (Wikipédia). Este fato explica porque nos animais, cuja locomoção é fundamental para a sobrevivência, a forma de reserva energética é Lipídios, enquanto nos vegetais, que são fixos, ela é glicídica.

Plástica ou Estrutural: os fosfolipídios são importantes componentes das membranas celulares. Desenho da membrana plasmática ao lado disponibilizado por Calazans.

Hormonal: muitos hormônios são lipídios, como é o caso dos hormônios sexuais masculinos (testosterona) e femininos (estrógino e progesterona).

Isolante Térmico: as gorduras armazenadas no tecido adiposo dos animais atuam retendo calor no organismo.

Isolante Elétrico: a bainha de mielina que envolve o axônio de certos neurônios (células nervosas) é formada por células cuja membrana possuiu alta porcentagem de lipídios, atuando como isolante elétrico e facilitando a condução do impulso nervoso nestas células.
(O desenho da bainha de mielina ao lado foi disponibilizado por “Uma Questão de Cérebro?”)

Produção de Água: quando oxidados, os lipídios produzem água. Um grama de lipídio produz 1,07 gramas de água.

Participação na Digestão: os sais biliares atuam neste processo ao emulsificar as gorduras e os óleos. Os ácidos graxos apresentam uma porção hidrófoba (carga +) e uma porção hidrófila (carga -). Em solução aquosa, gotas de gordura (que possuem caráter hidrófobo), sob agitação, são fragmentadas em partículas menores. Os ácidos graxos; envolvem tais partículas evitando sua agregação. Esta propriedade dos ácidos graxos é conhecida como detergência. De forma análoga, os sais biliares realizam processo semelhante, emulsificando óleos e gorduras no intestino.

Proteção mecânica: as gorduras armazenadas no tecido adiposo dos animais atuam protegendo estruturas (órgãos) internas, funcionando como um amortecimento. Ex.: região glútea e parte inferior dos pés.

Tecido Adiposo Unilocular
Visão geral do tecido adiposo

Também chamada de gordura amarela. Suas células possuem uma única gotícula de lipídio, que ocupa quase todo o espaço celular formando um grande vacúolo. Sua cor varia entre o branco e o amarelo-escuro.

Forma o Panículo adiposo, camada de gordura disposta sob a pele; no recém nascido é de espessura uniforme, já em adultos o acúmulo é em determinadas posições, sendo a distribuição regulada por hormônios.

Principal lipídio armazenado é o triglicerídeo (Wikipédia). Localiza-se também nas membranas que revestem os órgãos internos por exemplo no tecido subcutâneo do abdome e das nádegas, ele funciona como reservatório de gordura, amortecedor de choques e contribuiu para o equilíbrio térmico dos organismos.
As principais células são os adipócitos, que também são encontradas no tecido conjuntivo frouxo e ao longo dos vasos.

Tecido Adiposo Multilocular ou “gordura marrom”
Tecido Adiposo Multilocular
Imagem de UFRJ

Esse tecido é formado por células que contêm várias gotículas de gordura, ou seja, possui vários vacúolos de gordura e várias mitocôndrias. Sua cor castanha é devido à vascularização abundante e às numerosas mitocôndrias, que fazem gerar energia mais rápido que o tecido unilocular. Localiza-se em áreas determinadas, encontrados em grande quantidade em animais hibernantes e em recém nascidos. Tem como principal função gerar calor (Wikipédia).

As mitocôndrias deste tipo de célula possuem uma peculiaridade importante: a sua membrana interna é rica em proteína termogenina, um canal de prótons também conhecido como proteína desacopladora (UCP), que permite o fluxo retrógrado de prótons; desacoplando a cadeia transportadora de elétrons da síntese de ATP e produzindo calor. Essa proteína está ausenta nas mitocôndrias dos demais tecidos. ( A imagem do adipócito multilocular foi disponibilizada por FMUSP)


Os animais hibernantes armazenam gorduras que os protegem do frio no inverno; para isso apresentam bastante tecido adiposo multilocular capaz de gerar calor, além de funcionar como isolante térmico.
urso_polar_-7714
Urso polar por Katrix

O tecido adiposo marrom é abundante em animais que hibernam como os ursos, mas também existe entre os humanos e de forma bem mais expressiva nos recém-nascidos. Esse é um tecido que tem a capacidade de produção de calor para o organismo bem superior a qualquer outro tipo de tecido do corpo, e nos animais, é bem reconhecido que essa gordura varia nas diferentes épocas do ano por conta de mudanças de temperatura e luminosidade. A quantidade desse tecido nos adultos humanos não é grande, mas pesquisas recentes têm apontado que é menor a atividade dessa gordura entre os obesos, mas ainda não se conhece bem quais fatores influenciam essa atividade. [...]O estudo foi realizado por pesquisadores da Universidade de Nottingham que defendem a idéia que a ativação da gordura marrom pode representar mais uma ferramenta no controle de um dos maiores problemas de saúde do mundo: a obesidade” (TEIXEIRA, 2009).

Veja também: Tecidos Conjuntivos Propriamente Ditos.

Referências:
1- DAMIANI, Durval. UMA PUERICULTURA PARA QUEM VAI VIVER MAIS DE 100 ANOS. Sistema Nervoso, 2004/2005 disponível em http://www.sistemanervoso.com/pagina.php?secao=8&materia_id=300&materiaver=1, acesso em 27/set/2009.
2- JUNQUEIRA, L.C.U. ; CARNEIRO J. Histologia Básica. 10ª ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2004.
3- TEIXEIRA, Ricardo. Pesquisa revela que os humanos adultos também têm gordura marrom e que ela varia de acordo com a luminosidade. Consciência no dia a dia, 2009. Disponível em: http://consciencianodiaadia.com/2009/08/26/pesquisa-revela-que-os-humanos-adultos-tambem-tem-gordura-marrom-e-que-ela-varia-de-acordo-com-a-luminosidade/

21 comentários:

  1. Anônimo24/3/10

    num tem oque eu quero ...

    ResponderExcluir
  2. Anônimo30/3/10

    aki naum diz nada nesta procaria

    ResponderExcluir
  3. Anônimo28/4/10

    bateram recorde entre os piores

    ResponderExcluir
  4. Anônimo8/6/10

    também nao encontrei o que eu queria!!!

    ResponderExcluir
  5. Anônimo18/6/10

    excelente! era isso que eu procurava, parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Anônimo2/7/10

    gostei :)

    ResponderExcluir
  7. Anônimo5/7/10

    Muito bom!

    ResponderExcluir
  8. Anônimo15/8/10

    não encontrei oque eu queria poxa tenho um dever de casa pra amanhã e não encontrei poxa gente e a gora? precisava ter prestado mais atanção na aula heh :P

    ResponderExcluir
  9. É só perguntar sobre o que você não entendeu que a professora responde!

    ResponderExcluir
  10. Anônimo12/9/10

    naverade não encontrei o que eu queria , mas tenho certeza q me ajurá em algumas coisas!

    ResponderExcluir
  11. Anônimo14/11/10

    não tem foco, abordou muita coisa, e ficou meio confuso!

    ResponderExcluir
  12. Anônimo6/12/10

    Muito bom, faz uma boa abordagem sobre o tecido adiposo, Parabéns

    ResponderExcluir
  13. Anônimo19/4/11

    eu em comtrei o que eu queria parabéns boa relenbragem

    ResponderExcluir
  14. Anônimo25/4/11

    gostei mas gostaria de saber, qual a função da termogenina em animais do semi- árido nordestino!

    ResponderExcluir
  15. Anônimo21/11/11

    gostei esta deparabéns.aborto é crime

    ResponderExcluir
  16. Anônimo1/12/11

    me ajudou muito!

    ResponderExcluir
  17. Anônimo26/3/12

    muito bom trabalho

    ResponderExcluir
  18. Anônimo15/5/12

    Ray me ajudou muito.
    obrigada

    ResponderExcluir
  19. Andressa10/12/12

    adoreiii aprender mais sobre o tecido adiposooo!!! Minha prova amanha agradece!!!^^

    ResponderExcluir
  20. Anônimo3/4/13

    mt obrigado
    te adoro net

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails