05 abril, 2009

As cartilagens

por
Cartilagens da laringe

O tecido cartilaginoso, ou cartilagem, é um tipo de tecido conjuntivo cuja rigidez é intermediária entre a do tecido ósseo e a do tecido conjuntivo denso. A cartilagem não se dobra e é encontrada em poucos locais no corpo humano adulto.

Há três tipos de cartilagem: Hialina; Elástica e Fibrosa. Entretanto, com poucas diferenças, todos os três tipos são formados basicamente pelos mesmos constituintes.

Estrutura básica:
As cartilagens são fundamentalmente formadas por grupos de células, denominados condrócitos, que ficam imersos em substância intercelular amorfa, constituída por proteoglicanas (proteínas + glicosaminoglicanas) e colágeno. A elastina está presente somente na cartilagem elástica.
O papel das proteoglicanas consiste em dar rigidez à cartilagem, pois se estabelecem ligações eletrostáticas entre as glicosaminoglicanas das proteoglicanas e as moléculas de colágeno.
A matriz amorfa contém muitas moléculas de água, que estão intimamente associadas às glicosaminoglicanas (água de solvatação).
Os condrócitos sintetizam as proteoglicanas e mantêm a matriz em seu estado normal.
Este tipo de tecido não é vascularizado por capilares, obtendo seus nutrientes a partir do conjuntivo que o envolve ou a partir do líquido sinovial, no caso das cartilagens articulares. Os nutrientes difundem-se pela água de solvatação.

Cartilagem hialina: é o tipo mais freqüente no corpo humano e está presente nos anéis da traquéia e brônquios, septo e paredes das fossas nasais, nos locais de junção das porções anteriores das costelas com o esterno e recobrindo as articulações do tipo poliaxial, que permitem grande liberdade de movimento aos ossos longos.
Esta cartilagem possui uma coloração natural branco-azulada e translúcida. Possui pericôndrio e cresce principalmente por aposição, ou seja de fora para dentro. As células presentes no interior do tecido tem como principal função manter a matriz.

A cartilagem que está presente cobrindo a superfície do osso recebe o nome de cartilagem articular. Essa cobertura diminui o atrito entre as superfícies e, por conseqüência, permite maior facilidade de movimento.
A maior parte do tecido cartilaginoso que surge na vida pré-natal é substituída por tecido ósseo. No entanto, uma pequena quantidade de cartilagem permanece nas extremidades dos ossos, permitindo o seu crescimento longitudinal. Estas estruturas são denominadas de discos epifisários.
figura1_cartilagem
Figura 1 - Cartilagem hialina. 

Cartilagem elástica: é encontrada no pavilhão auditivo, no conduto auditivo externo, na tuba auditiva (ou de Eustáquio), na epiglote e na cartilagem cuneiforme da laringe. A presença de elastina confere uma coloração amarelada. Também possui pericôndrio e cresce principalmente por aposição e as células presentes no interior do tecido mantêm a matriz.
figura2_cartilagem
Figura 2 - Cartilagem elástica – 1-matriz territorial; 2-fibras elásticas; 3- condrócitos; 4- matriz interterritorial
UERJ

figura3_cartilagem
Figura 3 -cartilagem elástica da orelha
MdSaúde

Cartilagem fibrosa: está presente nos discos intervertebrais, em nos pontos em que alguns ligamentos e tendões se inserem nos ossos e na sínfise pubiana. Ela tem dureza intermediária entre o tecido conjuntivo denso e a cartilagem hialina. Não possui pericôndrio e está sempre associada ao tecido conjuntivo denso. Sua matriz possui grande quantidade de fibras do colágeno tipo I, que formam feixes, seguindo uma orientação, aparentemente, irregular. Esses feixes lhe conferem grande resistência às trações.
figura4_cartilagem
Figura 4 - cartilagem fibrosa - detalhe. Virtual.epm

figura5_cartilagem
Figura 5- cartilagem fibrosa- 1-condrócitos; 2- feixes de fibras coláenas. UERJ

Bibliografia:
JUNQUEIRA, L.C.U. ; CARNEIRO J. Histologia Básica. 10ª ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2004.

38 comentários:

  1. ana mattos23/11/09

    cartilagem é um assunto muito importante pois,aprendemos muitas coisas sob fibras,tecidos etc...

    ResponderExcluir
  2. ana mattos23/11/09

    cartilagem é muito importante pois aprendemos várias coisas tais com fibras,tecidos etc...

    ResponderExcluir
  3. Não me ajuda em nada esse negócio da cartilagem.Eu preciso saber quais partes do corpo humano tem cartilagem.Entendeu?E não tem nada disso no texto,só está falando quais tipos de cartilagem existem.Vocês colocam a noticia sobre a cartilagem pela metade.Nenhuma pesquisa que eu já pesquisei teve esse acontecimento.Para que criaram esse negocio que esta em todos os computadores se não tem todas as informações sobre a cartilagem.
    Bjs!!!
    Odiei essa página.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AS CARTILANGENS SÃO ENCONTRADAS PRINCIPALMENTE NO NARIZ,E NA ORELHA

      Excluir
    2. As cartilagens são encontradas no nariz e na orelha

      Excluir
  4. Larissa,

    Faltou leres com um pouco mais de atenção e calma, abaixo destaco as partes do texto acima onde se encontram as informações que procuravas.

    Cartilagem hialina: é o tipo mais freqüente no corpo humano e está presente nos anéis da traquéia e brônquios, septo e paredes das fossas nasais, nos locais de junção das porções anteriores das costelas com o esterno e recobrindo as articulações do tipo poliaxial.

    Cartilagem elástica: é encontrada no pavilhão auditivo, no conduto auditivo externo, na tuba auditiva (ou de Eustáquio), na epiglote e na cartilagem cuneiforme da laringe.

    Cartilagem fibrosa: está presente nos discos intervertebrais, em nos pontos em que alguns ligamentos e tendões se inserem nos ossos e na sínfise pubiana.

    Espero ter ajudado e aplacado um pouco o ódio deste teu jovem coração.

    ResponderExcluir
  5. Gostei e me ajudou muito !!! valeu ! tchau!!

    ResponderExcluir
  6. screto10/5/10

    me ajudou muito essa pagina, agradeço

    ResponderExcluir
  7. Anônimo13/5/10

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo25/5/10

    adorei xauzimmm

    ResponderExcluir
  9. Anônimo25/5/10

    ME AJUDOU BASTANTE NO TRABALHO DE BIOLOGIA
    OBRIGADA BJOOSSS

    ResponderExcluir
  10. Anônimo25/5/10

    Ate quem enfim eu entendi o junqueira! Adorei!

    ResponderExcluir
  11. robin rihanna fenty2/6/10

    só vendo aqui qe eu soube direito oqe é cartilagem!!!!beijos pra qem ler!!!

    ResponderExcluir
  12. helio20/6/10

    acredito que o mais importante é saber como recuperar a cartilagem, pois ja saiu uma reportagem onde os cientistas dizem que reproduziram uma cartilagem em raro no formato de orelha, porem em outros estudos os medicos dizem que não é possivel reproduzir(refazer) helio

    ResponderExcluir
  13. Anônimo7/7/10

    eu quebrei o calcaneo e rompi uma cartilagem será que ela se reconstitui?

    ResponderExcluir
  14. Sobre regeneração de cartilagens:
    A cartilagem que sofre lesão regenera-se com dificuldade e, freqüentemente, de modo incompleto, salvo em crianças de pouca idade. No adulto, a regeneração se dá pela atividade do pericôndrio. Havendo fratura de uma peça cartilaginosa, células derivadas do pericôndrio invadem a área da fratura e dão origem a tecido cartilaginoso que repara a lesão. Quando a área destruída é extensa, ou mesmo, algumas vezes, em lesões pequenas, o pericôndrio, em vez de formar novo tecido cartilaginoso, forma uma cicatriz de tecido conjuntivo denso.
    link: http://www.afh.bio.br/sustenta/Sustenta3.asp

    ResponderExcluir
  15. Anônimo1/8/10

    gostaria de saber de um recesnacido q produz um sonzinho da garganta provocado por falta de amadorecimento dessa cartilagem da traqueia quanto tempo um recesnascido leva pra fica normal sem fazer mais esse sonzinho me responda pq minha neta nasceu com esse poblema bjs

    ResponderExcluir
  16. A tendência de crianças pequenas é regenerarem cartilagens lesadas a partir do uso, mas esta é uma questão médica que pode ser melhor respondida por um pediatra.
    As vias aéreas aumentam de largura e comprimento com a idade.
    Achei a seguinte informação: Se a sintomatologia não for muito exuberante poderá não haver necessidade de tratamento algum, mas isso raramente acontece. Em recém-nascidos o tratamento poderá ser somente aguardar o crescimento da via aérea e, com isso, poderá haver resolução espontânea. Essa tentativa só deve ser feita se o recém-nascido não estiver apresentando muitos sintomas respiratórios (dispneia, infecções de repetição, cianose etc).
    o link é do Dr. Amtônio V. Malucelli: http://medicinadotorax.com.br/laringeTraquieaBronquios/malaciasLaringeTraqueiaBronquios.php e a página fornece o seguinte telefone de contato: +55(41)3026-8866 e o contato por e-mail é e-mail - atendimento@medicinadotorax.com.br

    ResponderExcluir
  17. Anônimo17/8/10

    adoreiiiiiii

    ResponderExcluir
  18. Anônimo30/8/10

    eu gosto de cartilagem, me lembra vaginas

    ResponderExcluir
  19. Anônimo11/9/10

    desculpe refazer a pergunta, mas nos joelhos qual o tipo de cartilagem existente?

    ResponderExcluir
  20. Nos joelhos, assim como as demais articulações das pernas e dos braços, temos a cartilagem hialina recobrindo as extremidades dos ossos para permitir o deslizamento.

    ResponderExcluir
  21. Anônimo12/11/10

    Ótimas explicações! Era o que realmente estava procurando, um conteúdo que apesar de ser complicado neste trabalho foi exposto de maneira clara e objetiva condizente com minhas pesquisas e meu objetivo.
    Parabéns

    ResponderExcluir
  22. Anônimo18/12/10

    A cartilagem da orelha nào se dobra nem sob pressào? Uma conhecida me disse que corrigiu as suas orelhas de abano de tanto prende-las. Isso é possivel? Com os bebes até que idade a cartilagem está amadurecida? obrigada. espero que seja possivel a resposta.

    ResponderExcluir
  23. A cartilagem da orelha é do tipo elástica que tem tendência a retomar o estado original após pressão. Mas, assim como os ossos, ela pode sofrer certa modelagem. Ou seja, as cartilagens submetidas a uma intensa pressão podem sofrer modificações.
    As cartilagens são um tecido que cresce continuamente, embora de forma bastante lenta, mas nas crianças o crescimento é mais ativo. Não sei precisar até que idade as orelhas podem ser moldadas sem intervenções, mas enquanto são bebês deve-se cuidar da posição das orelhas quando estão dormindo de lado ou então verificar se o uso de toucas não está deixando as orelhas ficarem de abano.

    ResponderExcluir
  24. Anônimo22/12/10

    muito obrigada pela resposta.

    ResponderExcluir
  25. Anny6/4/11

    desejo saber se o pericondrio tem a mesma finalidade do periosteo, no que tange a fisiologia.

    ResponderExcluir
  26. Anny
    Fisiologicamente eles são equivalentes e servem para renovar ou regenerar os respectivos tecidos, porém a capacidade de regeneração do tecido ósseo é bem maior podendo refazer as regiões destruídas numa fratura.

    ResponderExcluir
  27. Anônimo21/8/11

    eu quebrei a tibia ea fibula e por causa disso acabou prejudicando o tornozelo o medico disse que secou a cartilagem do tornozelo gostaria de saber se essa cartilagem se regenera.

    ResponderExcluir
  28. Abaixo transcrevo texto do livro de Junqueira e Carneiro, que é a melhor publicação brasileira:

    "As cartilagens não se regeneram bem. A cartilagem que sofre lesão regenera-se com dificuldade e, frequentemente de modo incompleto, salvo em crianças de pouca idade.[...]
    Quando a área destruída é extensa, ou mesmo, algumas vezes, em lesões pequenas, o pericôndrio em vez de formar novo tecido cartilaginoso, forma uma cicatriz de tecido conjuntivo denso"(veja o caso das orelhas dos lutadores de 'full contact').

    De qualquer modo exercícios leves que ativem a circulação sanguínea na área e uma alimentação rica em verduras, frutas e ovos caipira, auxiliam e otimizam o processo de regeneração dos tecidos.

    ResponderExcluir
  29. Anônimo9/10/11

    Adorei a sua página me ajudou bastante com o assunto de prova da faculdade (enfermagem).
    obrigada beijos !!!

    ResponderExcluir
  30. Anônimo10/10/11

    oie,
    por favor eu gostaria que tivesse mais imagens de lâminas, qual o material que está sendo mostrado, o aumento e a coloração. E se possível algumas descrições extras do material.
    bjus

    ResponderExcluir
  31. Olá,

    abaixo das imagens há o link dos atlas virtuais de origem. Neles poderás encontrar mais imagens e as informações solicitadas.

    ResponderExcluir
  32. Anônimo11/6/12

    Olá.

    Gostaria de saber se a antihélix se regenera sem medicamentos? A orelha foi dobrada e "quebrou" a antihélix formando uma pequena deformação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      como informei num comentário acima: As cartilagens não se regeneram bem. A cartilagem que sofre lesão regenera-se com dificuldade e, frequentemente de modo incompleto, salvo em crianças de pouca idade.[...] Veja o restante da informação acima...

      De qualquer modo, acho aconselhável procurares conselho médico para melhor orientação.

      Excluir
  33. Anônimo15/7/13

    perfuraçã o no septo nasal ,gostaria de saber se é possivél tratar.Senão for possivél,épossivél a reconstrução do tecido. á volta do nariz,visto tratar-se de uma deformação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria das perfurações do septo pode ser tratada sem cirurgia. O buraco nunca vai fechar, mas se a extremidade aberta da parede da perfuração cicatrizar, a grande maioria dos sintomas desaparece.

      A superfície irritada deve ser continuamente coberta com um creme aplicado com algodão. Isso impedirá que esta área resseque, rache ou sangre, formando uma crosta. Alguns meses de aplicação bem sucedida permitirá que o bordo ulcerado cicatrize e reduza ou elimine os sintomas.

      Numa pequena percentagem de doentes a cirurgia é necessária para aliviar os sintomas. Há vários procedimentos cirúrgicos diferentes, com taxas de sucesso relatadas entre 40 a 95%.

      Fonte: em.Wikipedia: http://en.wikipedia.org/wiki/Nasal_septum_perforation

      Excluir
    2. Sobre sucesso cirúrgico de correção da perfuração do septo nasal há o link: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2639981/

      Excluir

Related Posts with Thumbnails